Centro de Referência de Sintomas Respiratórios

A Prefeitura de Coronel Fabriciano reforça a rede municipal de Saúde e colocará em funcionamento, já a partir desta sexta-feira, 7/1, o Centro de Referência de Sintomas Respiratórios. A unidade será a referência no atendimento de pacientes com sintomas gripais, tais como tosse, coriza, espirros, febre dentre outros.

 

O serviço funcionará na Rua José Maria Magalhães, 209, Centro (antigo Centro Covid) com atendimento todos os dias, das 7h às 22h, inclusive aos finais de semana e feriados. No Centro de Referência serão oferecidos os seguintes serviços: acolhimento, atendimento médico e de enfermagem, medicação e testagem rápida para Influenza, caso necessário. O atendimento é gratuito e por demanda livre.

 

O anúncio foi feito nesta quarta-feira, 5/1, pelo prefeito Dr. Marcos Vinicius nas suas redes sociais. Acompanhado do secretário de Governança da Saúde, Ricardo Cacau, o prefeito detalhou sobre o Centro de Referência; esclareceu dúvidas sobre a nova variante da Influenza (H3N2), responsável pelo grande aumento de casos em todo o Brasil; e explicou a decisão em centralizar o atendimento de casos da síndrome gripal.

 

“Em reunião com a equipe da Saúde, decidimos retomar com o Centro Covid que agora será Centro Referência de Sintomas Respiratórios. O objetivo é proteger a população e oferecer um atendimento de qualidade. No mesmo lugar, o paciente receberá acolhimento, atendimento profissional e médico, medicação e, caso necessário, fazer os exames”, detalhou Dr. Marcos Vinicius.

 

“Portanto, a partir do dia 7, não adianta o paciente procurar UPA, Hospital ou Unidades de Saúde. O local de atendimento será no Centro de Referência”, reforça o prefeito. A iniciativa visa garantir o correto atendimento, acompanhamento e encaminhamento de pacientes com suspeita da doença, conforme os casos.

 

CUIDADOS PARA EVITAR CONTÁGIO

Nos últimos dias, em especial após os feriados de Natal e Ano Novo, a Secretaria de Governança da Saúde registrou um aumento significativo na procura por atendimento médico na rede municipal de pacientes com síndrome gripal. O mesmo foi observado em todo o Brasil, gerando superlotação de todos os serviços de saúde.

 

O prefeito Dr. Marcos Vinicius, que também é médico, tranquilizou a população contra a gravidade da doença; mas frisou a importância dos cuidados para evitar a propagação da nova cepa.

 

“É uma doença extremamente contagiosa; mas, graças a Deus, com pouca gravidade e letalidade. Nos últimos sete dias, de todos os testes realizados em Fabriciano, 90% foram positivos para influenza e pouco Covid. Ainda assim decidimos agir rápido e abrir o Centro de Referência. O uso da máscara de proteção não é só para Covid, é para todos os pacientes com sintomas respiratórios”, frisou.

 

VACINAÇÃO EM DIA

O secretário de Governança da Saúde, Ricardo Cacau, reforçou que as unidades de saúde continuarão com ações de saúde, inclusive, para imunização (Influenza, Covid e demais doenças). “A vacinação é oferecida em todas as unidades de saúde durante o horário de funcionamento das salas de vacina. E vamos aproveitar para verificar e colocar os cartões de vacinação em dia”, disse. “Apenas as pessoas com sintomas gripais devem esperar melhorar para atualizar a vacinação”, ressalva.

 

COMO SE PREVENIR?

Segundo especialistas, a disseminação do novo vírus está associada ao relaxamento nas medidas contra a Covid-19, como o não uso de máscaras e aglomerações. Portanto, os cuidados para evitar o vírus da Influenza são os mesmos:

- use máscara e mantenha distanciamento social;

- higienize as mãos com frequência;

- alimente-se bem e faça hidratação;

- não compartilhe itens de uso pessoal, como toalhas, copos, talheres e travesseiros.