Em Fabriciano, mais de 73% dos pacientes confirmados com Covid-19 se recuperaram da doença

Coronel Fabriciano é uma das cidades com um dos melhores índices de recuperação para pacientes do novo Coronavírus no Vale do Aço. Desde o início da pandemia, 1.177 pessoas foram curadas da doença, o que representa 73% do total de 1.591 infectados. Outros Os dados foram divulgados nesta quinta-feira, 23, pela Secretaria de Governança da Saúde.

 

A média de Fabriciano é superior a do Brasil; o Ministério da Saúde contabilizou 1.532.130 pessoas recuperadas, ou 68% do total de casos positivos no país (dados do dia 23 de julho de 2020). Maria Eugênia de Souza, 78 anos, é uma das pacientes que venceram a Covid-19. Ela recebeu alta hospitalar nessa terça-feira, 21, após cinco dias internada no Hospital Dr. José Maria Morais.

 

“Jesus continua salvando vidas; e a equipe do Hospital também. Fiquei com medo, mas todos aqui, dos médicos às pessoas que trabalham na limpeza, fazem o que podem para ajudar a gente. Recebi o melhor atendimento possível e hoje, graças a Deus, estou curada e volto para a minha família”, comemora a aposentada. No mesmo dia, receberam alta hospitalar Geralda Jacinta Pereira, 72 (Coronel Fabriciano) e Reinaldo Santos Miranda, 42 (Timóteo).

 

Também desde terça-feira, 21, a Secretaria de Governança de Saúde não registra mortes em decorrência de complicações por Covid-19 – desde o início da pandemia, foram 22 óbitos confirmados. Com isso, o município mantém a taxa de letalidade de 1,38%, muito abaixo da média nacional, em torno de 4%. A taxa de letalidade é porcentagem de pessoas que evoluem para óbito de um total de pacientes confirmados com a doença, neste caso por Covid-19.

 

Os dados epidemiológicos da Prefeitura de Fabriciano apontam ainda estabilização do número de óbitos e tendência de queda no total de casos notificados e confirmados para o novo Coronavírus. Na última semana (12 a 18 de julho) o município notificou 158 casos, sendo 30 confirmados para Coronavírus; na semana anterior (5 a 11 de julho) foram 585 casos suspeitos, destes 206 confirmados para a doença.

 

Desde o início da pandemia, Fabriciano registrou 4.671 notificações; deste total 2.141 foram descartados por exame ou alta por critério clínico e 939 casos estão em investigação.

 

TAXA DE OCUPAÇÃO DE LEITOS

 

O Hospital Dr. José Maria Morais, gerido pela Prefeitura de Coronel Fabriciano, segue com 19 pacientes em internação por causa de Covid-19. Destes, 15 são de Fabriciano e outros quatro, residentes de cidades vizinhas. Com isso, a taxa de ocupação é 47,5% de um total 40 leitos disponíveis – são 20 leitos de enfermaria e outros 20 de Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

 

A taxa de ocupação leva em conta a estrutura em funcionamento na instituição desde o dia 2 de junho e os dados do Boletim Epidemiológico, atualizados diariamente.