Médicos da Rede de Fabriciano participam de capacitação sobre diagnóstico e tratamento de Sífilis

A Prefeitura de Coronel Fabriciano, por meio da Secretaria de Governança da Saúde, realizou na última sexta-feira, 15, uma capacitação sobre diagnóstico e tratamento de Sífilis aos médicos da rede. O objetivo principal do treinamento é melhorar a qualidade e tornar o atendimento mais rápido e assertivo. 

 

A Sífilis é uma Infecção Sexualmente Transmissível (IST’s), causada pela bactéria Treponema pallidum. A capacitação foi realizada visando orientar os profissionais com relação à identificação dos diversos estágios da doença e a importância do acompanhamento desses pacientes.

 

Para a Médica Infectologista, Carmelinda Lobato, é fundamental que os médicos da rede estejam atentos àquelas pessoas que possuem um comportamento de risco, ou que têm relações sexuais sem o uso do preservativo. “É preciso lembrar que as pessoas têm relações o ano todo, não somente no período de festas. Por isso é importante que a solicitação do exame de sífilis seja feita para o maior número de pessoas”, ressaltou.

 

O tratamento mais efetivo para esta doença é o uso da Penicilina. O antibiótico até hoje é usado de forma eficiente no combate à amigdalite bacteriana comunitária, infecções respiratória, de pele, e a Sífilis. O VDRL - exame de sangue específico para a identificação da Sífilis - é solicitado ao paciente após a 2º semana do aparecimento da úlcera. O resultado não reativo indica que o paciente nunca teve contato com a bactéria, já o resultado positivo, pode indicar que o paciente tem Sífilis.