Parceria entre Município e Estado garante permanência da UAI em Coronel Fabriciano

O prefeito de Coronel Fabriciano, Dr. Marcos Vinicius, esteve em Belo Horizonte nessa semana para intermediar sobre algumas decisões do Estado que afetam diretamente o município.  Uma delas é a permanência da Unidade de Atendimento Integrado (UAI) na cidade. Durante os últimos dias, a notícia do possível fechamento da unidade causou preocupação nos cidadãos da região metropolitana do Vale do Aço, mas após a intervenção de Dr. Marcos, o Secretário Estadual de Planejamento, Otto Alexandre, bateu o martelo e garantiu a permanência do órgão na cidade.

“Somos parceiros do Estado. Mostramos isso quando assumimos o Hospital Dr. José Maria Morais, apoiando a Polícia Militar na segurança pública e entre outros serviços. Vamos firmar uma parceria e agregar alguns serviços para ajudar o governo do Estado a manter a unidade”, disse Dr. Marcos.

A UAI, além de receber moradores de Coronel Fabriciano, atende também 24 municípios que compõem o colar metropolitano do Vale do Aço oferecendo serviços como recebimento do Seguro Desemprego, emissão de carteira de identidade, CPF, Carteira de trabalho e atestado de antecedentes criminais, dentre outros. 

Durante a reunião, o Secretário Estadual de Planejamento, Otto Alexandre, disse que pediu um estudo para avaliar a despesa da unidade, uma vez que o Governo do Estado de Minas Gerais herdou dívidas da administração anterior, do Governador Pimentel- PT e precisa cortar gastos. Após a parceria proposta pelo prefeito de Coronel Fabriciano durante o encontro, que é a possibilidade de oferecer alguns serviços da Prefeitura, como: - o Serviço de Inspeção Municipal (SIM), - a Junta Administrativa de Recursos de Infrações (JARI), entre outros serviços, motivou o Secretário a manter a unidade.

IPSEMG

Cumprindo agenda em Belo Horizonte, o prefeito Dr. Marcos Vinicius, também se reuniu com Presidente do Instituto De Previdência dos Servidores do Estado de Minas Gerais (IPSEMG), Marcus Vinicius Souza, para buscar alternativas para manter os atendimentos no Vale do Aço. “Infelizmente, por conta das dívidas deixadas pelo Governo anterior, o IPSEMG não está honrando com os compromissos, mas o presidente apresentou alternativas, que vou apresentar para a Fundação São Francisco Xavier (FSFX) para manter os atendimentos, uma vez que são quase 14 mil pessoas que dependem do IPSEMG na região”, conclui.

BATALHÃO DE POLÍCIA E CBMG

O Prefeito de Coronel Fabriciano, Dr. Marcos Vinicius e o Secretário de Governança Política, Éverton Campos, reuniram com o diretor de Finanças da Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG), Coronel Marcos Ângelo, para falar sobre a construção do Batalhão da PM na cidade. O município vai doar o terreno para a construção do Batalhão, mas é preciso vencer algumas burocracias para começar a construção.

Na oportunidade, o prefeito e o secretário também se encontraram com o chefe da seção de Orçamento e Finanças do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais, Tenente Coronel Edirlei Viana, para agilizar a liberação do recurso para as obras do 5º Pelotão do Corpo de Bombeiros Militar, localizado na sede do Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DEER/MG), no bairro Caladinho.