Prefeitura declara que apoia CPI

O município de Coronel Fabriciano-MG, tendo em vista inverdades lançadas em redes sociais, esclarece que não é contra qualquer investigação no município, seja por parte de Comissões; Cidadãos; Ministério público; Câmara ou Tribunal de Contas. Basta lembrar que a Comissão Especial só foi criada porque o prefeito e os vereadores da base governista apoiaram irrestritamente a criação dela e todas as informações requeridas foram previamente disponibilizadas no Portal da Transparência.

 

Somos contra sim à ilegalidade instaurada; o desrespeito à Constituição, à Lei Orgânica e ao Regimento Interno da Câmara. Somos contra a intenção de se criar notícias falsas para tentar inviabilizar a gestão e impedir que entreguemos obras e serviços aos cidadãos. Somos contra a utilização da Comissão Especial para agredir a autonomia e a independência municipal.

 

Não há fraude ou ilicitude no município de Coronel Fabriciano. O que existe e foi expressamente reconhecido em decisão judicial é que a comissão foi constituída no intuito de investigar terceira pessoa e o pedido de análise dos contratos administrativos firmados entre o município de Coronel Fabriciano e outros é apenas fiscalizatório, pois não há fato concreto relacionado aos referidos contratos no município.

 

Reiteramos apoio a toda e qualquer fiscalização e contribuímos com ela, pois esta gestão é séria, comprometida e transparente. Contudo, repudiamos notícias falsas e a ilegalidade que foi instaurada na tramitação da comissão especial na câmara, tendo o objetivo mais de impedir as boas ações do governo municipal do que propriamente fiscalizar. Não podemos esquecer que na composição da comissão existem dois vereadores que têm interesse pessoal na causa e seu presidente movido pelo ódio de sua vexatória votação na eleição passada, deseja tão somente transferir a culpa de sua reprovação popular nas urnas.