Profissionais da Educação do Vale do Aço participam da Implementação do Currículo Referência de Minas Gerais

As escolas da região metropolitana do Vale do Aço participarão nesta quarta, 02, em Ipatinga, de uma preparação visando a Implantação do Currículo Referência de Minas Gerais dos anos finais do Ensino Fundamental para 2020. A ação é promovida pela Agenda de Convergência do Vale do Aço – Eixo Educação e tem como objetivo promover mudanças nas políticas educacionais de currículo, formação continuada de professores, materiais didáticos e avaliações.

O evento tem como público alvo os diretores, coordenadores, especialistas e professores. Esse é o primeiro evento que prioriza a implementação do currículo referência nos anos finais do ensino Fundamental. Espera-se cerca de 350 profissionais do ensino fundamental do Vale do Aço.

 

A Superintendente Regional de Ensino de Coronel Fabriciano, Edvania de Lana Morais Andrade, fala que da importância da ação. “O objetivo é envolver todas as redes na supracitada discussão, para que em 2020 possam implementar, com segurança, o Currículo Referência proposto para Minas Gerais a partir da BNCC.É de suma importância que os educadores das escolas da regional se apropriem dos novos conceitos, da nova organização curricular que pautará a Proposta Pedagógica das escolas em 2020”, afirma.

O evento vai contar com uma palestra reflexiva, com o tema “A Implantação do Currículo Referência de Minas Gerais”, ministrado pela professora de história e assessora pedagógica, Gizeli Maria Rodrigues. Haverá ainda uma mesa redonda para debater o assunto, com participação da Superintendente Regional de Ensino, Edvânia de Lana Morais Andrade e o Secretário de Governança Educacional de Coronel Fabriciano, Carlos Alberto Serra Negra.

 

“Um dos eixos da Agenda de Convergência do Vale do Aço para 2030 é a educação. Um dos pilares da educação com qualidade é a formação e capacitação de professores e outros agentes da educação como pedagogos e diretores. Já fizemos encontro dos anos iniciais do ensino fundamental e agora é a vez dos anos finais (6° ao 9°ano). Esperamos que as redes estadual e municipal proporcionem um momento de reflexão e aprendizagem para os educadores”, afirma Carlos Alberto Serra Negra. 

Currículo

O Currículo Referência de Minas Gerais foi publicado no dia 19 de dezembro no Diário do Executivo Parecer CEE nº 937/2018 sobre o Currículo de Referência para implementação nas escolas de Educação Infantil e de Ensino Fundamental no Sistema  Estadual de Ensino de Minas Gerais.

O documento foi elaborado a partir da Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e é o resultado da revisão dos currículos de todas as redes educacionais mineiras. O ano de 2019 será de transição e dedicado à formação dos profissionais da educação e estudo do Currículo Referência. Já em 2020 ele estará efetivamente nas escolas.