Roteirização Turística

Iniciativa vai permitir a estruturação dos atrativos turísticos em potencial do município

 

A Prefeitura de Coronel Fabriciano, por meio da Secretaria de Governança Estratégica da Qualidade, Inovação Tecnológica e Sustentabilidade Econômica; lançou nesta quinta-feira, 24, o projeto de “Roteirização Turística”. O evento realizado no auditório Maria Angélica - Paço Municipal, contou com a participação de empresários, líderes comunitários e entidades parceiras da iniciativa como: Conselho Municipal de Turismo – Comtur, Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado Minas Gerais – EMATER MG; Instituto Mineiro de Agropecuária – IMA;  Instância de Governança Regional Circuito Turístico Mata Atlântica de Minas e Projeto Turismo no Vale. Vale do Aço Convention & Visitors Bureau, Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas – SEBRAE/MG e Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial – SENAC.

 

O projeto tem o objetivo de organizar e integrar atrativos naturais e culturais, tal como, serviços e equipamentos turísticos, como hotéis, bares, restaurantes, receptivos turísticos e outros, aspirando a consolidação de um produto turístico para comercialização do município como destino turístico. Além disso, o projeto visa estimular novos investimentos no setor de turismo e incentivar a criação de novos roteiros turísticos.

 

Para a execução do projeto será utilizada a metodologia da Organização Mundial do Turismo – OMT, que inclusive dá nome ao projeto, através da avaliação e hierarquização dos atrativos turísticos, atividades econômicas e produção associada ao turismo. Desta forma, será avaliado o potencial de atratividade, os aspectos que vão auxiliar na definição dessa hierarquia e ao final, serão somados os pontos obtidos para definição do ranking. Vale ressaltar que este método é pautado nos princípios da participação, flexibilização e sustentabilidade. Por meio da roteirização, Fabriciano busca qualificar serviços e equipamentos turísticos, bem como, a produção associada ao turismo; estruturar os atrativos turísticos em potencial; preservação do patrimônio cultural e do meio ambiente.

 

Uma das vertentes da iniciativa é possibilitar que, em médio prazo, o município tenha uma melhor distribuição da renda contribuindo para a geração de emprego e renda. Os atrativos turísticos da cidade serão mapeados, conforme os seguimentos turísticos, como o Cultural, composto pelos elementos religiosos, gastronômicos, patrimônios materiais e imateriais, segmento do Turismo Rural, Ecoturismo e o Turismo de Aventura. Todos serão setorizados incluindo a área rural e urbana, e serão disponibilizados de forma estruturada para que os turistas possam identificar onde estão localizados os pontos turísticos do município.  “Esse projeto é importante para que os turistas possam se planejar e venham conhecer a nossa cidade, e ao mesmo tempo possam contribuir para o desenvolvimento sustentável do setor” explicou o Secretário de Desenvolvimento Econômico, Daniel Papa.

 

Durante o evento, empreendedores do setor turístico ressaltaram a importância do projeto.  Para Juvenal Martins, dono de um restaurante na Serra dos Cocais inaugurado há mais de um ano, o projeto é fundamental para alavancar as potencialidades locais. “Todos estão empenhados em melhorar o turismo na nossa Serra dos Cocais, essa iniciativa é muito boa, não só pra nós, como para a região”, disse.

 

Um dos pontos importantes da roteirização é a organização do setor de empreendimentos que envolvem os meios de hospedagem; bares, restaurantes e similares; produção associada ao turismo e receptivos turísticos. “Nós temos riquezas que nunca foram exploradas. Por, isso, estamos aqui dando um pontapé inicial com a presença dos principais atores envolvidos neste processo, para que o nosso município possa estruturar e potencializar o turismo local”, explicou o Vice-Prefeito Sadi Lucca.

 

Qualificação

A qualificação profissional será fundamental nesta etapa inicial do projeto, por isso, a intenção é cadastrar prestadores de serviços turísticos e capacitá-los para que possam adquirir habilidades empreendedoras, como: atendimento aos clientes, gestão de negócios e marketing.

 

Infraestrutua

Atualmente a prefeitura de Fabriciano trabalha para melhorar o acesso à Serra dos Cocais, um dos principais atrativos turísticos da cidade. A primeira parte da pavimentação da via, no trecho da comunidade de Cocais de Baixo está em andamento.  Na localidade, estão sendo assentados os bloquetes (pisos intertravados) reaproveitados das ruas do Centro da cidade. Com isso, a estrada terá aproximadamente três quilômetros de calçamento. A obra é uma realizada com recursos próprios do município com a equipe da Secretaria de Governança de Obras e Serviços Urbanos.

A Prefeitura também está em fase final de contratação da empresa para realização da  obra de pavimentação de um trecho de cerca de quatro quilômetros, que compreende o Portal da Serra dos Cocais até o Mirante da Pedra dos Cem Homens. O serviço está orçado em cerca de R$ 4 milhões.

 

Serra dos Cocais

A Serra dos Cocais, é um dos principais atrativos turísticos do município. Sua altitude, atinge cerca de 1 200 metros acima do nível do mar e destaca-se por um importante remanescente de Mata Atlântica, sendo considerada como área de proteção ambiental desde 2002. A localidade está situada a cerca de 20 quilômetros do Centro de Fabriciano e possui grande relevância turística e cultural, por ser onde situam-se várias cachoeiras e mirantes, abrigando ainda grupos folclóricos como a marujada e o batuque que mantêm tradições culturais diversificadas em seus povoados, como em São José dos Cocais e Santa Vitória dos Cocais.  A Serra também é bastante é conhecida pela gastronomia típica e usada para a prática de esportes radicais, como mountain bike, escaladas, trekking, rapel, trilhas e automobilismo off-road.