Serviços funcionam normalmente; PMCF se mantém em defesa do SUAS

Todos os serviços da rede de Assistência Social de Fabriciano funcionam normalmente. A interrupção do atendimento ao público ocorreu apenas nessa terça-feira, 26/11, Dia Nacional de Defesa do Orçamento do Sistema Único da Assistência Social (SUAS). A mobilização aconteceu em todo o país – e exclusivamente em Fabriciano – com objetivo de garantir as políticas públicas para o cidadão. Os serviços foram interrompidos por um dia como forma de resistência a falta de financiamento por parte dos governos estadual e federal.


A falta de repasses por parte do governo do Estado, com o serviço de assistência social de Coronel Fabriciano já se acumula há mais de três anos, ou seja, desde 2016, durante o governo de Fernando Pimentel. O Estado teria que repassar neste ano de 2019 R$ 363 mil e, até o momento repassou apenas R$ 62 mil; o município tem aportado a diferença deste valor com recursos próprio. A União tem o déficit menor, mas também não está arcando com suas obrigações.