Central de Monitoramento de Segurança Pública

A segurança patrimonial é uma das prioridades da gestão Novos Tempos e vem sendo tratada com responsabilidade e ações efetivas pela administração de Coronel Fabriciano. No município, 53 prédios públicos já contam com câmeras de vídeo-monitoramento inteligente para ajudar na vigilância patrimonial e, principalmente, na segurança dos funcionários da Prefeitura e cidadãos.

 

Entre os locais contemplados com os equipamentos estão Unidades de Saúde, Escolas e CMEIs, Hospital Dr. José Maria Morais, UPA 24 Horas, Paço Municipal, Centro Administrativo dentre outros.

 

Nesta quarta-feira, 29/10, o prefeito Dr. Marcos Vinicius fez uma visita de rotina ao Centro de Controle e Monitoramento de Fabriciano, instalado no Centro Administrativo Mariano Pires Pontes, no Bom Jesus. Na ocasião, Dr. Marcos estava acompanhado pelo secretário de Governança de Gestão e Transparência, José Márcio Pereira, pasta responsável pela implantação do novo serviço.

 

“Com esta iniciativa, trazemos mais segurança patrimonial com eficiência e redução de custos. Começamos como uma estrutura pequena, que vai se ampliando a cada dia. Hoje, quase 100% dos prédios já estão cobertos pelo serviço, praças, frotas e a iluminação pública. Outra vantagem é que as imagens podem ser compartilhadas com a Polícia, sendo um braço da segurança pública no município”, detalha o prefeito.

 

O local é responsável por receber e armazenar todas as imagens capturadas por essas câmeras em tempo real. Em caso de sinistro, um alarme é acionado e o Centro de Monitoramento imediatamente é informado. Do Centro de Controle, a equipe de plantão orienta o vigilante patrimonial no local, visando a sua segurança, e aciona a Polícia Militar, caso necessário.

 

Além de coibir tentativa de furtos e danos ao patrimônio público, o sistema de vídeo-monitoramento grava toda a ação e permite a identificação do infrator, servindo como um importante instrumento de prevenção e de punição a eventuais infratores. O serviço funciona 24 horas por dia, sete dias por semana.

 

REDUÇÃO DE CUSTOS, SEGURANÇA EFICIENTE

O novo sistema de segurança começou a ser implantado em janeiro deste ano e já se encontra em fase de conclusão. Para isso, o município investiu R$ 450 mil na implantação do sistema. O custo mensal de operação do serviço é R$ 23 mil.

 

O secretário de Governança de Gestão e Transparência explica que a iniciativa permitiu a redução de custos com vigilância patrimonial ao mesmo tempo em que aumentou a eficiência dos serviços.

 

“Antes da implantação do sistema, eram necessários 64 vigilantes para cobrir todos os prédios públicos, ao custo mensal de R$ 150 mil. Hoje são necessários apenas 12 profissionais dos 64 contratados, – todos os efetivos foram mantidos – permitindo uma redução de 80% na folha de pessoal; ou seja, o valor economizado em 4 meses com funcionários contratados, já ‘pagou’ o investimento inicial do novo sistema”, compara José Márcio Pereira.

 

TRÂNSITO E ILUMINAÇÃO PÚBLICA

Além dos prédios públicos, as Avenidas Tancredo Neves e Magalhães Pinto – principais corredores viários da cidade – também já contam com câmeras de vídeo-monitoramento inteligente. A iniciativa foi garantida por meio de uma parceria entre poder público e iniciativa privada. Neste caso, não houve custo de implantação pela Prefeitura. Mas as imagens captadas são cedidas ao município e enviadas à Central de Monitoramento, reforçando ainda mais a segurança no município.

 

A Administração iniciou em 2018 a substituição das obsoletas e ultrapassadas lâmpadas incandescentes da iluminação pública, por modernas e eficientes lâmpadas de LED. Juntamente com o novo sistema de iluminação pública, foi implantado controladores que permitem a gestão remota da iluminação pública, permitindo ao Centro de Controle e Monitoramento saber com antecedência quais os pontos sem iluminação e até mesmo controlar o tempo de acendimento e apagamento das lâmpadas, gerando maior eficiência e economia de energia